home pt 1

rede

Gestão e transferência de risco através de seguro é connosco

MCDset2013Miguel Costa Duarte

COSTA DUARTE – Corretor de Seguros, SA
www.costaduarte.pt


 

- Que lugar ocupam as pequenas e médias empresas no portfólio de clientes da Costa Duarte?

A estrutura da carteira da Costa Duarte é repartida aproximadamente por 70% empresas, 20% negócio internacional e 10% de clientes particulares. As PME estão integradas no segmento empresas e representam a maior parcela deste segmento de clientes. A estas são disponibilizados exactamente os mesmos serviços que às grandes empresas. A cada empresa nossa cliente está afecto um Gestor de Cliente dedicado apoiado por equipas de maior ou menor dimensão, em função do grau de sofisticação da carteira de seguros de cada empresa ou do tipo de serviços que necessitam.



- Que produtos/serviços integram a oferta do corretor para PME? 


Costumamos dizer que tudo o que tem a ver com gestão e transferência de risco através de seguro é connosco. Assim, a prestação de serviços tem início na identificação do que deve ou não ser seguro, passando depois pela escolha das soluções de cobertura mais ajustadas e mais económicas, para terminar no acompanhamento permanente dos seguros colocados e na gestão de sinistros.



- Em que medida esta oferta é diferenciadora face à concorrência?


Por definição, todos os corretores prestam o mesmo tipo de serviços, mas o que nos distingue é a confiança que conseguimos conquistar junto dos clientes e que se traduz, no nosso caso, num elevadíssimo grau de fidelização. É muito gratificante e motivador, constatar que temos diversos clientes, famílias e empresas, que permanecem connosco desde que estamos presentes neste mercado, portanto há quatro gerações. É um aspecto que valorizamos muitíssimo e temos plena consciência que só o conseguimos mantendo, permanentemente, um grande profissionalismo e a salvaguarda firme dos interesses dos nossos clientes.



- A Costa Duarte tem alguma solução específica para as PME em processo de internacionalização? Se sim, qual?


A internacionalização na Costa Duarte não é de agora pois há muito que contamos com um conjunto de importantes parceiros internacionais, o que nos permite apresentar soluções de seguro em qualquer parte do planeta. Outra vantagem de integrarmos estas networks de corretores mundiais é poder disponibilizar, aos nossos clientes, soluções inovadoras nem sempre subscritas no mercado português. 
Para além disso, temos presença própria através de participadas directas no Brasil, Angola e Espanha, mercados estes que assumem relevância estratégica para os nossos clientes. 
Podemos afirmar que colocamos a partir de Portugal qualquer seguro, de qualquer empresa, em qualquer parte do mundo! Este processo iniciou-se com seguros para obras de empresas de construção nossas clientes e é agora uma realidade para todo o tipo de seguros dos nossos clientes, nomeadamente, os que envolvem expatriados. Não se trata de conversa fiada nem de argumento comercial, são casos concretos. Por exemplo, temos agora em mãos várias colocações de seguros em destinos menos comuns, como sejam Mauritânia, Iraque, Nova Zelândia e Guiné Equatorial. 
Como português é gratificante ver muitos portugueses a fazerem pela vida por esse mundo fora. É gente que trabalha e muito, em silêncio, que não vive à conta do Estado, dos benefícios adquiridos mas não financiados e que não hipoteca as gerações futuras com gigantescas dívidas.


- Quais são as mais-valias?


Parece-me que a grande mais-valia é sobretudo apresentarmos soluções credíveis no processo de internacionalização das empresas portuguesas, conjugando o apoio local em qualquer latitude com a coordenação dos programas de seguro a partir de Portugal. A internacionalização é um processo difícil e caro que envolve muito esforço pelo que procuramos ser uma ajuda no que se refere a seguros. Procuramos retirar uma preocupação e acrescentar mais segurança às pessoas e aos investimentos. Em mercados mais distantes, o mais importante é saber em quem confiar.



19/Set/2013

Miguel Costa Duarte
Sexta-feira, 19 de Setembro de 2013

 
Voltar à lista | Ir para o topo | Download disponível